sábado, 5 de julho de 2008

A PRÓXIMA, É A MULHER DO PRÓXIMO

A síndrome da grama mais verde no quintal do vizinho, casa-se com um aspecto por demais inerente ao comportamento masculino, o desejo de crer que a mulher alheia é sempre melhor que a sua. E qual é a explicação?
Simples - ela vem movida pelo desafio da aventura, de desvendar o desconhecido, de querer o impossível, em muitos casos, de brincar com o perigo. Porém, já diz o jargão "quem brinca com fogo sempre corre o risco de se queimar".
Quanto mais difícil, quanto mais perigosa for a empreitada, mas afoito fica o indivíduo.
Na maioria das vezes, um par de belas pernas, um “derrier” avantajado ou ainda um “air bag” de primeira, é o suficiente para se perder o rumo.
O aspecto meramente estético, não deixa de ser o responsável pelo jogo de sedução. Conteúdo, às vezes não é necessário, afinal uma imagem vale mais do que mil palavras.
Então, cuidado com a grama alheia, se você prestar muita atenção no quintal do vizinho, poderá nem perceber que alguém pode estar invadindo o seu.

Um comentário:

Mandrey disse...

Frases de parachoque de cortador-de-grama:

"Um bom jardineiro deve regar sempre o seu jardim"

"O que importa é o cuidado e não o tamanho do regador"

"Além de regar, podar e cuidar, é preciso também conversar"

Mhuahaha!