sexta-feira, 18 de maio de 2012

VAI UM CINEMINHA AÍ?

    


    Olá amigos cinéfilos! Com vários lançamentos anuais e por conta dos avanços dos efeitos especiais, filmes como Capitão América, Homem de Ferro, Thor e Hulk, dentre outros, caíram nas graças do cinema, se revelando um filão de grande sucesso junto ao público.
    O até então e mais ambicioso projeto da Marvel começava a ganhar vida, a junção de todos esses heróis num único filme, ‘Os vingadores’ (The Avengers,2012).
    Essa é minha dica de filme da semana para quem goste ou não de ficção, aventura, ação ou apenas puro entretenimento.
    Para o projeto ‘Vingadores’, o mais difícil foi conciliar as agendas dos astros para este trabalho conjunto, talvez o mais fácil deles tenha sido o Hulk, já que sua atuação é totalmente digital.
    Capitão América, Homem de Ferro e Thor, já tinha em seus roteiros  ganchos destinados a fazer as histórias se entrelaçarem para convergirem numa mesma trama, o que leva ao filme atual.
    Na história dos Vingadores, tudo começa quando Loki (Tom Hiddleston) o deus maligno de Asgard, torna-se uma ameaça a segurança mundial ao roubar um cubo mágico protegido pela SHIELD. Com uma promessa feita pelos Chitauri, uma raça alienígena que deseja dominar a terra, ele (Loki) seria nomeado rei do planeta. Porém, em posse do cubo, Loki adquire poderes incríveis e com eles consegue controlar o dr. Erik Selvig (Stellan Skarsgard) e Clint Barton/Gavião Arqueiro (Jeremy Renner), que passam a servi-lo.
    Nick Fury (Samuel L. Jackson), Diretor da SHIELD, precisa com urgência reunir uma equipe nunca antes vista para evitar o total desastre da humanidade.
    Sob seu comando já trabalhava a Viúva Negra, Natasha Romanoff (Scarlett Johansson), mas era preciso integrantes de peso, como Hulk (Mark Ruffalo) e Thor (Chris Hemsworth ), pois Steve Rogers, o Capitão América (Chris Evans) e Tony Stark, o Homem de Ferro (Robert Downey Jr.) apesar de serem um supersoldado e um grande inventor, ainda assim, são bem humanos.
    Contudo, o maior desafio de Fury não é deter a ameaça a terra, mas controlar os egos dos integrantes incomuns para que trabalhem em conjunto. Isso gerará muitas cenas interessantes e hilárias.
    Não falta ao filme, um bom roteiro, lutas, ações espetaculares e super efeitos especiais - creio ser meio difícil alguém roubar o primeiro lugar dos Vingadores nas bilheterias mundiais.
    Convencional ou em 3D, o filme é estupendo, confira!

Nenhum comentário: