terça-feira, 30 de outubro de 2012

UM NOVO COMEÇO



Hoje vislumbro um novo começo, novo trabalho, nova vida, agora virão dias diferentes. Na verdade sinto-me leve, disse a todos tudo que me ardia na garganta e na alma, se entenderam, gostaram, odiaram, não sei. Mas sei que as relações de amizade e respeito continuarão. Não há mais máscaras, quem está comigo e torce por mim, mostra-se verdadeiro. Devo me preocupar com o que me é mais caro, meus filhos e o futuro deles. Quanto a mim, busco encontrar uma nova motivação, uma nova alegria, um novo motivo para descobrir o valor que de fato se deve dar a liberdade.
Não culpo ninguém, não busco ser compreendido, o que busco é encontrar a mim mesmo.
Ser mais eu, desfrutar a alegria, ler mais, sorrir mais, viver mais.
Quanto ao amor, esperei demais dele, só que ele não soube esperar por mim, dei a ele as chances que pude dar, de retorno só tive as dúvidas e a insegurança.
No fim, estou como sempre estive, só.

Nenhum comentário: