terça-feira, 30 de setembro de 2014

NÃO ADIANTA

Mesmo que eu te desse todas as coisas do mundo, de nada ia adiantar. E você nem precisava me amar, mas até isso não é sua culpa, eu foi quem não soube achar o caminho pro seu coração, se é que seu coração tem uma caminho ou a pergunta seria, você tem um coração?
Em algum ponto da estrada, parei de acreditar. Deixei que as coisas acontecessem, o tempo passou e eu descobri que me tornei obsoleto. Na real, como e do jeito que as coisas e as pessoas estão, a aventura tomou o lugar do amor. Mas o que é o amor nos dias de hoje? Acho que ele não se transformou em outra coisa, apenas o maquiaram em sensações superficiais. O sentimento foi corrompido, mas eu acredito que bem no fundo de cada ser humano, ele está lá. As pessoas se deixam seduzir facilmente pelo brilho momentâneo que as vezes fascina porque é fulgar, mas do jeito que brilha instantaneamente - apaga-se. Porém, as pedras brutas, ao serem lapidadas brilham permanentemente.
O que você é de verdade, um flash ou uma jóia esperando ser lapidada?

Nenhum comentário: