segunda-feira, 30 de março de 2015

VIDA, CAMINHOS E TIJOLOS


A vida não é simplesmente viver por viver, há que se ter propósitos, construir a partir de sonhos a rota certa para seguir.
Até certo ponto, você faz o caminho, mas são seus filhos, uma extensão de você e desse caminho que faz com que ele continue.
A pergunta que me faço sempre é: Estou de fato edificando algo? Percorrendo a estrada certa?
Não tenho um resposta conclusiva, mas sinto que na vida é preciso acordar todos os dias com uma certeza - hoje posso fazer mais que ontem, é como se você construísse um muro onde cada dia um tijolo vai lhe dar uma visão diferente de o quanto você já construiu.
Cada dissabor, decepção, tristeza não pode ser maior que as alegrias, as conquistas ou o desejo de saber que bem ali, logo dobrando a esquina se esconde a felicidade.
Viver é bem mais que passear pela vida, viver é se deter e ver onde se quer chegar, é ter a grata satisfação de sentir orgulho do que se construiu.
As vezes me imagino sem tempo para realizar tudo o que penso, mas pouco a pouco, por mais que sinta não estar fazendo todas as coisas que queria fazer, vou fazendo e, como não poderia fazê-lo?
Como poderia já ter feito tanto se não tivesse a meu lado pessoas que me ajudam nessa construção. São aquelas pessoas que quando o carro estanca, sempre aparecem para dar uma mãozinha e ajudam o carro a pegar no tranco. Não, não posso dizer que a vida não seja boa, ela só é assim por causa das pessoas.
Pessoas são importantes no nosso caminho, afinal, uma palavra, um pensamento, uma crítica, um incentivo é o combustível necessário para que nosso motor não pare. Para que tenhamos a certeza de que quanto mais rodamos, mas descobrimos que continuamos a nos encantar com o que aprendemos e somos gratos pelas paisagens que os anos de nossas vidas nos privilegiam nesse caminho.

Nem sempre estamos em paragens bonitas, mas para tais horas de provação ou dificuldade sempre haverá uma parada para renovar as forças, um posto, digamos, a beira da estrada. Meu combustível está na família, nos amigos e por assim dizer, nas doses diárias de convivência de um aprendizado que nunca tem fim, pois nessa estrada da vida, cada novo dia vem repleto de novas fronteiras por desvendar.

Nenhum comentário: