segunda-feira, 25 de maio de 2015

IGUAIS E DIFERENTES


O diferente é que faz a perfeição. Isso me veio a mente porque numa conversa sobre família com minha filha, ela questionou que as famílias são muito malucas e que às vezes, a reunião delas é motivo de desavenças. Disse a ela que é impossível viver sem a família e que, por mais defeitos e anormalidades que ela possa ter, nunca deixará de ser a nossa família.

Exemplifiquei dizendo que se todos fossem extremamente educados, pacientes e muito iguais, o que haveria para contrapor, para gerar as mais diversificadas opiniões, para suscitar discussões. Por mais diferentes que as pessoas possam ser, em família, todos se querem bem (não que isso seja uma regra) mas é para funcionar assim. Tantas pessoas diferente é que fazem com que de fato a família se complete e se aperfeiçoe. Mostrei isso citando a mim, completamente louco, agitado, andando a mil e para freira essa maré, citei a mãe dela, paciente e calma. é preciso esse freio para que a coisa ande direito. Pedi que ela reparasse isso em outros casais, então comprovaria esta verdade. Para a balança funcionar tem que haver este tipo de contra-peso. Por aí, ela veria que toda família parte deste princípio, um tem que ser agitado com mais potência no motor e o outro mais pé no chão, diria, um motor mais brando. É essa diferença que leva à perfeição. Ela terminou por concordar comigo e que apesar dos pesares, a família, mesmos com seus almoços domingueiros e festas de meio de semana, continua sendo uma fonte inesgotável de aprendizagem.


Nenhum comentário: